Arquivo mensal: Maio 2024

“Conluio” entre Conselho Diretivo e anterior Governo leva INEM à falência…

Como é sabido o orçamento do Instituto Nacional de Emergência Médica tem por base o selo de INEM pago por todos os segurados às companhias de seguros e, é um orçamento mais que suficiente para o cumprimento da missão do INEM, contudo, pelo facto do INEM enviar ano após ano milhões de euros dessa receita cofres do Estado, bem como mais recentemente ter adquirido dívida pública, chegou a uma situação de falência operacional.

Esta falência operacional traduz-se na falta de recursos humanos para operacionalizar os meios de emergência médica de que o INEM dispõe, bem como na insuficiente manutenção e renovação da frota de veículos de emergência daquele instituto, a par da insuficiente manutenção das instalações base dos meios de socorro e da ausência deliberada de implementação de uma carreira profissional de pessoal técnico de emergência médica.

Chegou-se alegadamente ao cúmulo de, para se viciarem estatísticas de meios operacionais, se colocar uma tripulação meio turno num meio e outro meio turno noutro meio, isto quando o meio não é o mesmo e o kit de comunicação (rádio, computador e monitor) não é outro e o meio o mesmo, de modo que estatisticamente naquele dia tenham estado dois ou três meios operacionais quando na realidade esteve somente um.

Há algumas questões que gostaríamos de deixar no ar…

INEM desbaratou o orçamento e agora falta dinheiro?!!

Mais do que faltar dinheiro… é haver um gestor que gasta 110M€ e não acautela o futuro.

Quem é responsabilizado pela má gestão?!!!

INEM em falência operacional…
https://tviplayer.iol.pt/programa/jornal-nacional/63e6588b0cf2665294d4f012/video/662be57f0cf2dff02b798eaa

INEM chegou a ter 30% das viaturas inoperacionais
https://www.rtp.pt/noticias/pais/inem-chegou-a-ter-30-das-viaturas-de-emergencia-inoperacionais_v1535629

Valor necessário para renovar a frota…

 

 

 

 

Valor transferido pelo INEM para outras áreas do Estado que não a Emergência Médica…

 

 

 

 

Valor de dívida pública que o INEM comprou…

 

 

 

 

De onde vem o orçamento do INEM… que é exclusivo para a emergência médica…

 

 

 

 

Estes senhores do “Público” não estão bem informados… também áreas como a emergência médica (com portugueses a morrer) “transferiram” dolosamente dinheiro para camuflar as contas do anterior governo.
https://www.publico.pt/2024/05/11/politica/noticia/casa-moeda-nav-tambem-deram-medina-dinheiro-ajudou-divida-publica-2023-2090047

Ou seja, confirma-se que ao invés de cumprir as suas obrigações como gestor do INEM, o conselho diretivo desviou fundos para outras funções, eventualmente a pedido de outros políticos.
Casa da Moeda e NAV ajudaram Medina a reduzir dívida pública em 2023 – Expresso

https://www.inem.pt/wp-content/uploads/2023/07/Relatorio-Anual-de-Gestao-e-Atividades-do-INEM-2022_homologado.pdf

A APROSOC – Associação de Proteção Civil, responsabiliza o conselho diretivo do INEM e o anterior Governo pelo estado a que fez chegar aquele instituto, que há muito deixou de servir o interesse público para servir os interesses instalados, nomeadamente através de relações de promiscuidade com empresas e lóbis do sector. Esta situação é ainda em nosso entendimento, responsável por uma taxa indeterminável de agoniação, morbilidade e mortalidade que deveria ser alvo de enquadramento criminal, especialmente no último caso em que é eventualmente suscetível de enquadrar o crime de homicídio.