RADIOCOMUNICAÇÕES

REDE DE RADIOCOMUNICAÇÕES CIDADÃS E AMADORAS DA APROSOC

Programa iniciado nos anos 90 e em curso até ao presente através dos diferentes projetos associativos que vieram culminar no que é atualmente a APROSOC – Associação de Proteção Civil, e que, promove a criação de grupos locais de radiocomunicação cidadãs e amadoras, dentro e fora desta Associação. Esta iniciativa com fins técnicos, científicos, lúdicos e emergêncistas, tem por desígnio a dotação das comunidades locais de alternativas de comunicação em caso de falha das telecomunicações de acesso público, face a situações de acidente grave ou catástrofe, bem como dotar os operadores das necessárias competências de operação eficaz e eficiente dos equipamentos, pautando pela ética e boas práticas baseadas nos corretos procedimentos radiotelefónicos.

Nas radiocomunicações cidadãs (frequências de uso livre de taxas e licenças) cada Associado usa um nome de estação por si escolhido e que deve ser de fácil compreensão por quem o ouve ou, em alternativa o prefixo.

Nas radiocomunicações de emergência ou em rede privativa, cada Associado identifica-se com o seu número de Associado, sendo facultativa essa identificação nas radiocomunicações cidadãs.

Nas radiocomunicações amadoras, cada Associado identifica-se conforme legalmente previsto, com o indicativo de chamada atribuído pela Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM).

Frequências / Canais de encontro

As frequências ou canais recomendados para encontro dos membros da APROSOC são atualmente as seguintes:

  • CB – Citizens band (Banda do Cidadão), recomenda-se que  mantenham os rádios tendencialmente escuta em canal 14 em FM / AM para comunicação quotidiana ou, caso vigore algum alerta de proteção civil ou aviso meteorológico de nível laranja ou vermelho, se mantenham em canal 9 e,  caso necessitem comunicar com outros colegas ou convidá-los para conversação fora do âmbito emergêncista, devem fazer chamada não superior a 8 segundos nesse canal e passar de imediato ao canal indicado pelo chamador durante essa chamada.
  • PMR 446  (personal mobile radio 446MHz), é usado pelos membros da APROSOC para comunicações locais quotidianas tendencialmente em canal 7 com encoder 85.4Hz.
  • SMT (Serviço Móvel Terrestre) é recomendado o canal “APROSOC” (1) para atividade quotidiana e, o canal “ALERTA” (2) para comunicações de alerta ou emergência.
  • Os membros da APROSOC habilitados com certificado de Amador Nacional (CAN) emitido pela ANACOM, encontram-se tendencialmente em VHF na frequência 145.3875 MHz, em NFM (modo narrow) em respeito aos demais Radioamadores utilizadores da banda, para assim possibilitar a utilização dos canais com espaçamento a 12.5KHz não excedendo por isso os 2.5KHz de desvio de modulação. A partir desta frequência, os Radioamadores da APROSOC podem escolher outras frequências, eventualmente noutras bandas, para comunicação de natureza diversa.

A LISTA anexa não reflete o número de Associados da APROSOC, mas sim, de entre eles, os que são usufrutuários de equipamentos de radiocomunicações para fins lúdicos ou emergêncistas.

Se é um Associado da APROSOC e usufrutuário de equipamentos de radiocomunicações que ainda não consta da lista, pode registar-se AQUI.

Se ainda não é nosso Associado pode associar-se AQUI.

73/51
João Saraiva
CT1EBZ / Estação CB "DUKE" / "APROSOC 01"